Afinal, e os clássicos?

Afinal, e os clássicos?

Nas últimas semanas, graças à postagem do jovem Felipe Neto, ganhou corpo no debate público a discussão sobre a obrigatoriedade da leitura dos clássicos, como o velho e bom Machado, durante o Ensino Médio. Devo admitir que esse é o tipo de coisa que me irrita um...
Ave colonial

Ave colonial

“Aqui, meu irmão, ela é coisa rara de ver!” Começo esse artigo citando o grande João Bosco, com essa belíssima canção, Jade. No entanto, a verdade é que a música nada tem a ver com o que vem a seguir, embora, isso sim, a minha ave colonial também seja...
Escrita, uma retomada

Escrita, uma retomada

Ao mesmo tempo em que muito me agradam as promessas de ano novo, desde a tradicional perder peso até a inovadora permanecer vivo, não gosto muito da ideia de ter de bater metas ao longo do ano, mesmo que sejam as minhas e, a priori, me favoreçam. Ainda assim, pra esse...
Quem foi que autorizou isso?

Quem foi que autorizou isso?

Muito já se falou do alto teor nazista presente no vídeo estrelado pelo ex-secretário de Cultura do governo Bolsonaro, o diretor teatral Roberto Alvim, e não cabe a mim falar ainda mais sobre isso. É barbárie, é cafona, é errado, é feio, é o que há de pior, etc, etc,...
Autocrítica

Autocrítica

Autocrítica *Texto originalmente publicado na Folha de S. Paulo, em 24/11/19. Samuel Pessôa Há muito autocrítica para o PT fazer antes de apontar o dedo para outros governos Em coluna neste espaço na sexta-feira (22), Nelson Barbosa, meu colega do Ibre e ex-ministro...